O que faz um time?

“Não é porque trabalham juntos que vocês formam um time.” Então, por que?

Leia mais

Trump e os trogloditas

Já começou o mimimi dos que acham que os brasileiros não devem se preocupar com a desgraça dos americanos e só devem se preocupar com as nossas próprias desgraças. Como se fôssemos uma ilha.

Leia mais
Super heróis: os russos vêm aí

Além do panteão de super heróis e guerreiros ocidentais com uniformes da Marvel ou DC Comics, vamos ver no cinema, em 2017, quatro novos super heróis, desta vez russos. Veja-os em ação no trailer do filme Guardians (Zaschitniki, em russo).

Leia mais
O robô humanóide que anda (quase) como nós

Uma das funções humanas mais difíceis de imitar na robótica é o andar. Não é fácil para um robô bípede fazer o que aprendemos a fazer com os membros e o corpo desde pequenos, antes mesmo de aprendermos a falar.

Leia mais

Banksy denuncia a tragédia síria

Uma série de novos trabalhos grafitados em muros europeus mostra o inconformismo do misterioso artista com o tratamento reservado aos refugiados sírios.

Leia mais

Guerra seria só show, não fossem os Repórteres Sem Fronteira

A ONG Reporters Sans Frontières lançou o 50º Anuário Fotográfico com um filme na web que promove a liberdade de imprensa e realça o papel dos fotógrafos independentes, sem os quais a guerra seria apenas mais um show na TV.

Leia mais

A minha preocupação sempre foi escrever História a partir de uma perspectiva humana, nunca esquecendo o chamado cidadão comum.

Leitura em tempos de crise: “A Segunda Guerra Mundial”

“A Segunda Guerra Mundial: os 2.174 dias que mudaram o mundo” de Sir Martin Gilbert está me tirando o sono. Só paro de ler forçado.

Leia mais
As explosões atômicas na Terra

Animação revela cronologicamente todas as bombas atômicas que explodiram em nosso planeta, desde 1945, quando os americanos soltaram as primeiras.

Leia mais
La crisis de Siria bien contada en 10 minutos y 15 mapas

Vídeo didático explica a crise no Oriente Médio por trás dos atentados em Paris. Legendado em inglês, foi feito por dois amigos espanhóis que criaram o #WhyMaps.

Leia mais
US Marine Corps, um exemplo de branding

Eles são símbolos de muitas coisas. Para os americanos, bravura, amor à pátria e valores nacionais. Para uma boa parte do resto do mundo, imperialismo, invasão e violência.

Leia mais
E se os nazistas tivessem vencido a II Guerra Mundial?

Ridley Scott é o produtor executivo de uma nova série da Amazon que mostra como seria o mundo hoje caso os Aliados tivessem perdido a última Grande Guerra.

Leia mais
Treinando o Kung Fu Shaolin em uma academia na China

Veja como é treinar na Tiangmenshan Shaolin Kung Fu Academy. Coisa para poucos… só àqueles poucos que aguentam a coisa.

Leia mais
Comerciais da direita americana contra o acordo nuclear iraniano

Conservadores judeus e políticos republicanos, que se opõem ao acordo nuclear do Obama com o Irã, querem aterrorizar a nação com propaganda explosiva. Literalmente.

Leia mais

Por mais linda que seja a estratégia, você deveria olhar os resultados, eventualmente.

Toques de um estadista (úteis aos publicitários)

Palavras do mais brilhante e controverso líder político e estrategista do Reino Unido, Sir Winston Churchill. Lembrei-me dele porque, nesse fim de semana, foram comemorados os 70 anos do fim da II Guerra Mundial.

Leia mais
Uma foto histórica do Che, animada

A imagem mais famosa do Che Guevara, Guerrillero Heroico,  foi capturada pelo fotógrafo Alberto Korda em 1960. Reaparece agora em movimento, manipulada pelo diretor de animação Bennie Melwin.

Leia mais
A Força Imperial de Star Wars invade Los Angeles

Star Wars: The Force Awakens – “O Despertar da Força”  –  estréia nos cinemas no dia 18 de dezembro de 2015. À espera, o designer Kaipo Jones mostra no YouTube a animação Star Wars: Invasion Los Angeles.

Leia mais

O alto apreço dos franceses pelos muçulmanos

Pesquisa da Pew Research, anterior ao atentado Charlie Hebdo, revela que nenhum europeu tem (ou tinha) tanto apreço pelos muçulmanos quanto o francês.

Leia mais

O que fizeram com os bisões

Havia 50 milhões de bisões quando os europeus chegaram na América do Norte, no século XVI. Por volta de 1880, contavam-se apenas alguns milhares de remanescentes, abrigados por fazendeiros que perceberam a extinção iminente dos rebanhos.

Leia mais

Guerra nuclear local, catástrofe global

Excelente matéria de Alan Robock e Owen Brian Toon na Scientific American Brasil traz à tona o que aconteceria com o planeta e a humanidade em caso de uma “pequena guerra nuclear”.

Leia mais
Planejador de marca e comunicação. Fundador da agência NBS. Vice-Presidente do Grupo de Planejamento. Presidente do Conselho Diretor do Instituto Socioambiental. Fotógrafo amador, blogueiro e pescador idem. Saiba mais
  • Últimas do Instagram