Fé nas “Águas de Março”

A temperatura global segue crescendo. 16 dos 17 anos mais quentes da história vieram depois de 2000. Os últimos 3 recordes foram justamente 2014, 2015 e 2016.

Noticiei a onda inédita de calor do ano passado, no artigo “O ano mais quente da história“. Agora me dei conta também de que, em 2016, 90% das maiores cidades do mundo tiveram temperaturas acima da média histórica.

São Paulo foi uma delas, como se vê no infográfico interativo do New York Times sobre as temperaturas e precipitações médias de mais de 5.000 cidades, baseado no database do serviço meteorológico AccuWeather.

Abaixo, repare que a temperatura média anual de São Paulo, considerando as quatro estações em 2016, foi de 21,3º, ou seja, nada mais nada menos do que 2,9º acima do normal.

Fevereiro é, historicamente, o mês mais quente do ano. Este que acaba de findar não foi o mais quente de todos, mas o calor foi marcante em São Paulo. A Climatempo informou que a temperatura máxima à tarde ficou acima de 31,0°C por 13 dias seguidos, de 11 e 23 de fevereiro, segundo medições do Inmet, Instituto Nacional de Meteorologia.

No dia 19 de fevereiro, a temperatura chegou a 34,7°C, o segundo recorde de fevereiro para temperaturas máximas, desde 1984. Foi calor demais para os paulistanos. Sobretudo porque fevereiro de 2017 foi também o mais seco dos últimos 12 anos. Só choveu 9 dias, quando a média são 16 dias. Foram registrados apenas 127,3 mm de precipitação na estação meteorológica do Inmet. A média histórica é de 237,4 mm, quase o dobro.

Não vejo ninguém se preocupando com a água mais. É como se houvesse acabado o risco hídrico em São Paulo. Porém, isso é pura miopia. O veranico de outono -inverno de 2017 poderá nos trazer surpresas desagradáveis com pouca chuva e recomeço do racionamento. Oxalá a primavera não seja seca também no segundo semestre, como foi no ano passado.

Ainda bem que março começou  chuvoso. Confiemos nas “Águas de Março” de Tom Jobim com Elis Regina e o próprio.

Sem comentários

Comente

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Planejador de marca e comunicação. Fundador da agência NBS. Vice-Presidente do Grupo de Planejamento. Presidente do Conselho Diretor do Instituto Socioambiental. Fotógrafo amador, blogueiro e pescador idem. Saiba mais
  • Últimas do Instagram