Infográficos curiosos do turismo mundial

Nunca se viajou tanto de avião no mundo. Nem no Brasil. O turismo internacional bomba; no Brasil nem tanto. Mas estamos entre os povos que mais gastam viajando.

Annual growth in global air traffic passenger demand from 2005 to 2015 -Statista

Statista

O portal líder em estudos e dados estatísticos, infográficos, tabelas e análises, Statista, tem informações interessantes sobre o estado atual da indústria de turismo no mundo.

O quadro ao lado, por exemplo, mostra o crescimento anual do tráfego aéreo global de passageiros entre 2005 e 2015  –  um ano negativo, 10 positivos.

Veja outras fotografias da indústria, clicando nas barras cinzas abaixo para expandir e contrair os gráficos.

O primeiro infográfico resume quais são as reclamações mais recorrentes dos passageiros nas viagens aéreas, segundo os resultados da TripAdvisor Air Travel Survey 2015. Confirma o que todos que viajamos já sabemos.

Principais reclamações dos passageiros de avião

Infographic: Travelers' Biggest Complaints About Air Travel | Statista


 

Em primeríssimo lugar, como se vê na ilustração acima, estão o aperto e o desconforto dos assentos  –  que parecem piorar quando tem criança chorando a bordo. Em segundo, os custos, somando o preço da passagem com as inúmeras taxas e cobranças adicionais. Em terceiro, os temíveis atrasos e cancelamentos imprevistos.

Ainda em matéria de viagem aérea, o Brasil ocupa o 3º lugar entre os países de maios índice de acidentes aéreos, ao lado do Canadá e da Colombia. Mas não é para assustar-se, afinal EUA e Rússia ocupam a 1ª e a 2ª posição, respectivamente.

Os piores países em acidentes aéreos


Infographic: The worst countries for fatal air crashes | Statista


 

No infográfico a seguir, entre os viajantes internacionais que mais gastam no exterior, o Brasil está em 10º lugar. Note-se que três países dos BRICS constam da lista. Além do Brasil e Rússia, está a China, em primeiro lugar entre os países com cidadãos que mais despendem viajando, seguida dos Estados Unidos e da Alemanha.

Os turistas que mais gastam, por nacionalidade

Infographic: Chinese Tourists Spent $165 Billion Abroad In 2014 | Statista


 

Como seria de esperar, o Brasil não conta da lista das 15 nações mais seguras e pacíficas para o turista internacional. Em nenhuma dos destinos abaixo há confrontos bélicos, ameaças de terrorismo ou insegurança policial.

Mesmo sem guerra e terrorismo, o Brasil não inspira confiança. Advinhe qual é o maior temor? Se pensou insegurança policial, acertou. Mas isso é outra história.

Os destinos mais seguros para viajar no mundo


Infographic: The safest places to travel in the world | Statista


 

Se o que se procura nas férias é evitar lugares com muitos turistas, a lista abaixo serve de alerta. Ela indica o número estimado de turistas em porcentagem da população total, em um dia médio.

Há destinos onde a horda de turistas tem um peso considerável no número de pessoas que se cruzam nas ruas. No Vaticano, os turistas são 4,5 vezes mais numerosos do que os habitantes; em Andorra, 1/3 dos transeuntes são visitantes estrangeiros; os demais destinos do infográfico variam entre 4% e 11% aproximadamente.

Veja a lista dos lugares mais apinhados de turistas.

Os destinos mais apinhados de turistas


Infographic: The Countries Most Crowded With Tourists | Statista


 

Há vôos sem escala que são verdadeiras provas de resistência, principalmente em assentos da classe econômica. A empresa aérea Emirates anunciou que a partir de fevereiro de 2016 iniciará uma rota de Dubai até a Cidade do Panamá com duração de 17 horas e 35 minutos. Será o vôo mais longo do mundo, segundo o World Economic Forum.

Um vôo desses só é possível a bordo de moderníssimo aparelho como o Boeing 777-200LR ou 787-9. A propósito, veja neste blog o “Timelapse da montagem de um Boeing 787-9 Dreamliner“.

Os vôos sem escala mais demorados

Infographic: The World's Longest Non-Stop Flights | Statista


 

Sem comentários

Comente

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Planejador de marca e comunicação. Fundador da agência NBS. Vice-Presidente do Grupo de Planejamento. Presidente do Conselho Diretor do Instituto Socioambiental. Fotógrafo amador, blogueiro e pescador idem. Saiba mais
  • Últimas do Instagram