Comendo a TV pelas beiradas

De 1949 a 2009, a audiência da TV cresceu ininterruptamente em todo o mundo. De 2010 para cá não parou de cair, principalmente entre os jovens de 18 a 34 anos. Veja os dados da Nielsen.

aggregate media usageO quadro ao lado mostra quem perdeu e quem ganhou audiência nos Estados Unidos de 2014 a 2015 . A coluna maior representa a população com idade de 18 a 34 anos e a outra, de 35 a 49 anos.

Acima da linha preta (zero), estão os que viram a audiência aumentar: smartphone, dispositivos ligados à TV (AppleTV, games, DVDs, ) e tablets.

Abaixo estão aqueles cuja audiência diminuiu: TV, radio e computadores.

The Comparable Metrics Report (Q2 2015) está disponível para download no site da Nielsen. Leia também na Fortune: The Smartphone Is Eating the Television, Nielsen Admits.

Em outra pesquisa de 2015, Screen Wars: The Battle For Eye Space In A Tv-Everywhere World  –  “Guerra das Telas: A Batalha por um Quinhão dos Olhos em um Mundo com TV em todo Lugar”   –  a Nielsen revela o enorme poder que a audência tem hoje de escolher onde e quando ver a programação desejada. 75% dos entrevistados disseram gostar muito da liberdade para assistir o que quiser em qualquer lugar e a qualquer hora.

No quadro abaixo:

  • 67% mudam de canal no intervalo comercial
  • 65% preferem ver a programação ao vivo
  • 64% veem vários capítulos seguidos de uma série
  • 64% acham mais conveniente ver os programas no horário que quiserem
  • 63% acham que a telas grandes são melhores para ver vídeo
  • 59% acham conveniente ver vídeo em aparelhos móveis
  •  53% acham o tablet tão bom quanto o computador ou laptop para ver vídeo

TV-everywhere-image

Sem comentários

Comente

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Planejador de marca e comunicação. Fundador da agência NBS. Vice-Presidente do Grupo de Planejamento. Presidente do Conselho Diretor do Instituto Socioambiental. Fotógrafo amador, blogueiro e pescador idem. Saiba mais
  • Últimas do Instagram