Avocados de Mexico

O avocado está para o México e o  cangurú para a Austrália, assim como a preguiça está para o Brasil?

Todo mundo sabe que fazer propaganda na TV no Super Bowl custa os olhos da cara –  30 segundos por US$ 4,5 milhões. Como é que pode entrar um comercial de abacate mexicano?

A fórmula não é nova. Para alavancar uma categoria inteira e tornar-se referência, basta unirem-se produtores, fabricantes ou distribuidores para bancar a campanha em regime cooperado.

Por exemplo, desde 1927, a Federación Nacional de Cafeteros de Colombia investe para promover o café nacional pelo mundo afora. Veja esse documentário do Japão.

image-90

Got Milk, Gisele Bünchen

No começo dos anos 90, a agência Goodby, Berlin & Silverstein criou a campanha Got Milk (veja o filme original) para a California Milk Processor Board (cooperativa regional dos produtores de leite).

Foi um enorme sucesso, durou duas décadas e há quem acredite que não morreu até hoje, apenas evoluiu. Há controvérsia (leia AdWeek).

É como se a CitrusBRAssociação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos do Brasil  – resolvesse anunciar a laranja brasileira no Super Bowl. Afinal, o Brasil responde por mais de 80% de todo o suco de laranja exportado no mundo.

Avocados de Mexico é a marca do maior importador de abacates dos EUA, responsável por abastecer 60% do mercado, que dobrou de tamanho na última década e pode crescer ainda mais.

Inicialmente, chama a atenção a ousadia da campanha “First Draft Ever” – O Primeiro de Todos os Sorteios.

Lembrando que o sorteio, no caso, é o draft, uma tradição americana, no qual um lote de jogadores é distribuído entre um grupo de interessados, cada qual escolhendo o(s) seu(s), alternadamente (parecido com o futebol entre amigos no Brasil, em que os times se formam no par ou ímpar).

Ousadia do importador, por adotar como brand name “Avocados de Mexico” e assim se apoderar da categoria. Fala como se fosse a própria fonte da fruta mexicana, associada a salada e saudabilidade. Foi a primeira vez que um “produto fresco” anunciou no Super Bowl.

O Primeiro de Todos os Sorteios

O Primeiro de Todos os Sorteios

Ousadia da marca, por invadir uma cena cultural americana, caracterizada por snacks, pipoca, barbecue e cerveja. Vestida de guacamole, que combina com tudo.

Tática deliberada para associar o guacamole com petisco e aperitivo –  assim como a marca já buscou também associar o abacate  ao café da manhã saudável, em outra campanha de 2014 –  Rise and Shine).

Ousadia do anunciante, por apostar alto neste que foi o 2º maior SuperBowl da história em audiência, e o nº 1 em alcance mundial.

Segundo The Produce News, citando a Entertainment Weekly, o comercial está os 3 mais queridos do Super Bowl, junto com o cachorrinho Budweiser e o Fiat 500X com Viagra. Entretanto, foi 23º no Ad Meter e 8º em engajamento na TiVo.

Salta à vista a boa ideia criativa, bem humorada, que faz a ponte com o clima de uma partida final.

First Draft Ever” simula um sorteio entre representantes de nações diferentes, mas o que é sorteado para cada nação é uma criatura de Deus, identificada com ela, como seu representante ou símbolo.

Bicho preguiça é Brasil

Bicho preguiça é Brasil?

O cangurú para a Austrália, o bicho-preguiça para o Brasil, o trigo para os EUA, o lêmure para Madagascar, a ginkgo biloba para a China, a zebra para Botswana, o dodô para as Ilhas Maurício e o abacate para o México.

E aí se vê como a imagem do Brasil, pelo menos nesse contexto, anda rastejando.

Não só a preguiça é associada a indolência, como também os comentários na mesa-redonda, referindo-se ao Brasil, são sarcásticos.

“Tem problemas extra-campo…”, diz um âncora.

“Não é bem um cara amigável no vestiário…”, diz o outro.

Para conhecer mais detalhes sobre a estratégia da marca Avocados de Mexico nos EUA, leia a entrevista com o presidente Álvaro Luke, publicada em anteontem, 04/02/2015, no site The Produce News.

Web site, promoção, vídeos, receitas, dicas

Web site, promoção, vídeos, receitas, dicas

 

 

 

Sem comentários

Comente

Planejador de marca e comunicação. Fundador da agência NBS e do Grupo de Planejamento de São Paulo. Ex- Presidente e atual consultor do Conselho Diretor do Instituto Socioambiental. Saiba mais
  • Boletim do Jura